Projeto Autodidata

Em busca de conhecimento
como usar o subconsciente e o que evitar

Capítulo 11 – O subconsciente – Livro Quem Pensa Enriquece

A conexão – O décimo primeiro passo em direção a riqueza

O subconsciente é um campo de consciência em que todo impulso de pensamento que atinge a mente objetiva através de qualquer dos cinco sentidos é classificado e registrado e por meio do qual é possível lembrar ou resgatar ideias, como cartas arquivadas em um fichário.

O subconsciente recebe e arquiva impressões sensoriais ou ideias de qualquer natureza.

É possível incutir-lhe voluntariamente planos, ideias ou objetivos que você deseje transformar em seu equivalente físico ou financeiro.

O subconsciente age primeiro sobre os desejos dominantes combinados a sentimentos e emoções, como a fé.

Ele trabalha dia e noite. Em um procedimento ainda desconhecido, o subconsciente busca na Inteligência Infinita o poder pelo qual transforma deliberadamente desejos em seus equivalentes físicos, empregando para isso os mais práticos meios disponíveis.

Controle do subconsciente

Ninguém consegue controlar por completo o subconsciente, mas é possível passar-lhe planos, desejos ou objetivos que desejamos concretizar.

Muitos indícios fundamentam a crença de que o subconsciente é a conexão entre a mente finita do ser humano e a Inteligência Infinita. É o intermediário pelo qual se pode obter à vontade a força da Inteligência Infinita.

O subconsciente contém o processo secreto pelo qual os impulsos mentais são modificados e transformados em seu equivalente espiritual. É o meio através do qual a prece é transmitida à fonte capaz de responder-lhe.

As possibilidades de esforço criativo aliadas ao subconsciente são estupendas, imponderáveis e inspiram respeito.

O subconsciente e o hábito

Lembre-se que o subconsciente pode ser deliberadamente direcionado apenas pelo hábito. Seja paciente, seja persistente.

O subconsciente é autônomo; dispensa seu esforço para influenciá-lo. Isso, naturalmente, sugere que pensamentos ligados a medo e pobreza, bem como todas as ideias negativas, atuam como estímulos, a menos que você os domine. substituindo-os por outros mais desejáveis.

O subconsciente não para! Se você deixar de alimentá-lo com desejos, ele vai buscar os pensamentos que vão ao seu encontro, resultante da sua negligência.

Já vimos que impulsos de pensamentos positivos e negativos continuamente o subconsciente, vindos das quatro fontes mencionadas no capítulo sobre transmutação do sexo.

Pensamentos

Por enquanto, basta você não esquecer que vive ininterruptamente em meio a impulsos de pensamento de todos os tipos, que atingem o subconsciente sem que você se dê conta.

Desses, alguns são positivos, e outros são negativos. A sua tarefa é interromper o fluxo de impulsos negativos, procurando deliberadamente influenciar o seu subconsciente por meio de impulsos positivos de desejo.

Ao fazer isso, você toma posse da chave que abre a porta do seu subconsciente. E mais: assume tão completamente o controle daquela porta que nenhum pensamento indesejável consegue entrar.

Tudo que o ser humano cria começa em forma de impulso de pensamento. Com a ajuda da imaginação, as ideias se reúnem, formando planos; e a imaginação sob controle pode ser utilizada para elaborar planos ou propósitos que levem ao sucesso em qualquer campo.

Para ser transmutado em seu equivalente material, todo impulso de pensamento plantado de propósito no subconsciente deve passar pela imaginação e ser combinado à fé.

A fé, acrescida de um plano ou objetivo, só pode ser submetida ao subconsciente por meio da imaginação.

Pensamentos são entidade, pois tudo que é material começa em forma de energia de pensamento.

O subconsciente é mais suscetível à influência de impulsos de pensamento aliados a sentimentos ou emoções do que aos efeitos daqueles originados unicamente na porção racional da mente.

Na verdade, não faltam indícios favoráveis à teoria de que apenas os pensamentos aliados à emoção exercem influência ativa sobre o subconsciente.

Emoções

Não é segredo que a maioria das pessoas se deixa levar por emoções ou sentimentos. Sabendo-se que o subconsciente é mais fortemente influenciado por impulsos de pensamento combinados à emoção, é essencial familiarizar-se com as mais importantes das emoções.

As principais emoções positivas são sete; as principais emoções negativas também são sete.

As negativas se inserem deliberadamente nos impulsos de pensamento, o que garante sua entrada no subconsciente.

As emoções positivas devem ser inseridas, pelo princípio da autossugestão, nos impulsos de pensamento que o indivíduo deseja passar ao subconsciente.

Essas emoções, ou impulsos de sentimento, podem ser comparadas ao fermento na massa do pão, porque constituem o elemento ação, que faz os impulsos de pensamento passarem do estado passivo para o estado ativo.

Assim, é possível entender por que os impulsos de pensamento combinados à emoção exercem influência muito mais depressa do que aqueles criados pela fria razão.

Nesse momento, você pretensa influenciar e controlar o “público interno” do seu subconsciente, de modo a incutir nele o desejo por dinheiro, a ser transmutado em seu equivalente financeiro. É essencial, portanto, que fique bem claro o método de abordagem a esse “público interno”.

Você precisa falar o idioma dele, ou seu pedido não será ouvido; ele entende melhor a linguagem da emoção ou do sentimento.

Assim, vamos descrever as sete principais emoções positivas e as setes principais emoção negativas, de modo que, quando for transmitir instruções ao subconsciente, você possa lançar mão das primeiras e evitar as últimas.

As sete principais emoção positivas a serem praticadas

  • Desejo
  • Amor
  • Sexo
  • Entusiasmo
  • Romantismo
  • Esperança

Existem outras moções positivas, mas essas são as sete mais poderosas e os mais comumente utilizadas no esforço criativo. Domine-as (e elas só serão dominadas pelo uso), e outras emoções positivas estarão à sua disposição quando precisar delas.

Os ensinamentos aqui passados é para você desenvolver uma “consciência de dinheiro”; para isso, e preciso encher a mente de emoções positivas.

Emoções negativas impedem que a pessoa seja consciente do dinheiro.

As sete principais emoções negativas (a serem evitadas)

  • Medo
  • Ciúme
  • Ódio
  • Desejo de vingança
  • Ganância
  • Superstição
  • Raiva

Emoções positivas e negativas nunca ocupam a mente ao mesmo tempo. Umas ou outras devem dominar. É sua responsabilidade cuidar para que as emoções positivas constituam a influência dominante da sua mente.

É então que a lei do hábito vem em sua ajuda. Adquira o hábito de vivenciar as emoções positivas, e, com o tempo, elas dominarão de tal modo a sua mente que as emoções negativas não conseguirão entrar.

Você só conseguirá controlar o subconsciente se seguir essas instruções ao pé da letra e continuamente. Basta a presença de uma única ideia negativa na mente consciente para destruir todas as possibilidade de ajuda construtiva do subconsciente.

Se você costuma observar o que se passa em volta, certamente já percebeu que a maioria das pessoas só recorre à oração quando algo não vai bem ou, no máximo, cumpre um ritual, repetindo palavras sem dar atenção ao que significam.

Assim, por somente rezarem quanto tudo o mais falhou, essas pessoas fazem a oração com a mente tomada pelo medo e pela dúvida; essas emoções o subconsciente, que as transmite à Inteligência Infinita. Consequentemente, a Inteligência Infinita as recebe e deixa-se influenciar por elas.

Quando você reza com medo de não receber a graça pretendida, pode acontecer uma das duas situações seguintes: a prece não chegar à Inteligência Infinita, ou ter sido feita em vão.

A prece pode resultar naquilo que se pede. Se você já viveu a experiência de receber uma graça pela qual orou, procure lembrar qual era o seu estado de espírito no momento da prece e verá que essas palavras são mais que uma simples teoria.

Contato com a Inteligência Infinita

Não existem postos para cobrança de pedágio entre a mente finita do ser humano e a Inteligência Infinita. O contato custa apenas paciência, fe, persistência, compreensão e o desejo sincero de comunicar-se.

E mais: somente o próprio indivíduo pode estabelecer a comunicação; atalhos são inválidos, a Inteligência Infinita não faz negócios pro procuração. Apresente-se pessoalmente, ou nada feito.

Você pode comprar um livro de orações e repeti-las incansavelmente, até o último dos seus dias, em vão. Para chegarem à Inteligência Infinita, os pensamentos devem passar por uma transformação, o que só acontece no subconsciente.

O método de comunicação com a Inteligência Infinita é muito semelhante às transmissões radiofônicas. Se você conhece o princípio de operação do rádio, certamente sabe que, para ser transmitido através do espaço, o som tem que ser “aumentado” ou transformado em uma intensidade de vibração não detectável pelo ouvido humano.

A estação transmissora pega o som da voz humana e a “mistura”, ou modifica, aumentando a vibração milhões de vezes. Somente assim a vibração do som pode ser transmitida através do éter.

Depois dessa transformação, o éter capta a energia – cuja forma original era a de vibrações sonoras – e carrega-a até as estações receptoras de rádio, que a reduzem à intensidade inicial, permitindo que seja reconhecida como som.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *